sexta-feira, 7 de novembro de 2014

A culpa é sua!

O Brasil é um país onde:
- Na cidade mais engarrafada e poluída fazem protestos contra ciclovias;
- O petróleo é considerado uma matriz energética "do futuro";
- Só recentemente houve poucos avanços e de forma isolada em investimentos na melhoria de transportes públicos;
- Não se investe de forma séria em ferrovias;
- Os carros híbridos e elétricos ainda são sobretaxados, enquanto os de motores comuns têm isenção de IPI, o contrário do que os países sérios fazem;
- As questões ambientais ainda são vistas como coisa de idealistas radicais ou bobagem de ecologistas;
- O "motor" da economia é baseado no consumo e consequente endividamento da população.
- Você vê tudo isso e vota em candidatos sem qualquer compromisso ou proposta para corrigir essas falhas.
Então deixe de mimimi, e pare de reclamar do aumento da gasolina! A culpa é sua!

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Rio Grande SEM Norte e sem sorte...

No Sul do país, uma das regiões mais ricas e produtoras do Brasil, o que mais se vê são indústrias em todos os setores: malharias, calçados, móveis, química, alimentícia, automobilística, agrícola, etc...

Toda essa produção, seja para exportação ou para o mercado interno, parte principalmente de dois grandes portos: Paranaguá-PR e Itajaí-SC.

É inconcebível, que a região Nordeste, que está quase 3000 Km mais próxima da Europa, África e América do Norte não tenha um único porto com capacidade para exportar nossa produção industrial em larga escala.

Apesar de nos últimos anos a região ter aumentado consideravelmente seu parque industrial, ainda há essa grande deficiência logística, por falta de rodovias, ferrovias e portos.

Nessa campanha não vi um único candidato com essa bandeira, que traria verdadeiro e duradouro desenvolvimento para essa região tão maltratada por péssimos governantes..

Essa semana vi no noticiário de Santa Catarina, que ano que vem, independente de contrapartida federal, o Estado já tem em caixa verba suficiente para a construção de mais duas ferrovias, cujo projeto de viabilidade técnica, ambiental e financeira já está pronto. Uma das ferrovias tem mais de 600Km de extensão...

Enquanto isso no RN não conseguem sequer duplicar míseros 300 Km da BR 304...

Em Mossoró, a duplicação de 17Km da BR se arrasta há mais de 04 anos...

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Conversa de gente grande: Guido Mantega e Armínio Fraga debatem no GloboNews Miriam Leitão

Para quem entende ou quer entender de economia, vejam esse vídeo.

Dele participam:

Miriam Leitão: a economista mais tucana da TV brasileira, que sequer leu direito os relatórios do FMI antes da entrevista (sinceramente não entendo como dão tanta credibilidade a essa senhora). Não consegue sequer disfarçar o quão é parcial...

Armínio Fraga: presidente do BCEN e Ministro da Fazenda do governo FHC. Esse senhor ajudou tornar o Brasil insolvente (quebrado - devendo mais do que podia pagar) por três vezes e disse recentemente que o salário mínimo brasileiro cresceu demais. Cotado para ser o ministro da fazenda no governo Aécio Neves (tá repreendido!).

Guido Mantega: Ministro da Fazenda brasileiro nos últimos 08 anos. Segurou as pontas da crise mundial que começou em 2008 e anda com a imagem desgastada pela forma artificial (e perigosa) como vem controlando a inflação. Nesse debate ele dá uma surra de economia nos dois primeiros.

Pare de propagar fofocas no face e decida seu voto com critérios técnicos e objetivos.


segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O fim do Brasil? O fim do PSDB!

Recebi por e-mail e tive a curiosidade de assistir a um vídeo com um título bastante sugestivo: "O Fim do Brasil", feito por uma suposta empresa de investimento chamada "Empiricus."

Trata-se de uma previsão apocalíptica sobre o "fim do modo de viver do brasileiro como conhecemos" onde é dito que "o Brasil vai voltar ao período da economia pré-collor", quando faltavam até produtos nos supermercados, que segundo o vídeo, vão fechar.

O vídeo também fala que a poupança dos brasileiros vai sumir, que a Petrobrás vai quebrar e que ninguém mais vai conseguir emprego ou sequer ter como abastecer o carro (mas que carro? ninguém vai poder comprar! Fujam para as colinas!).

Em um "economês" fuleiro, ralo, enfeitado e feito para enganar quem não entende de economia, essa propaganda sebosa do PSDB somente serve para mostrar o tamanho do desespero desse partido maldito por saber que vai perder mais uma eleição.

Que seja Dilma, Marina ou até o Eymael, mas PSDB nunca mais!

Chora tucanada!


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Auxílio paletó X auxílio educador: qual traz mais retorno para o país?

Os legisladores, em todos os níveis, recebem uma verba chamada "auxílio paletó". Segundo os mesmos é porque a "profissão" exige que eles andem sempre com tais vestes, que tem preços elevados.

Bem, como professor, gasto meu dinheiro com livros, energia, internet e uso meu laptop para trabalhar em casa e na universidade.

Pergunto então por que nós professores, que somos muito mais importantes para o país do que qualquer vereador ou deputado não recebemos qualquer ajuda financeira?

A resposta, assim como vocês também sei, mas acho que vale a discussão...

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Medicina Chibata

Diálogo com a atendente de uma clínica na metrópole do futuro:

Paciente: eu gostaria de confirmar meu exame de amanhã

Atendente: pois não, é só vir amanhã às 6 da manhã aqui para "dar" seu nome...

Paciente: mas se eu estou ligando HOJE para confirmar, para que ter que me deslocar até aí amanhã de manhã?

Atendente: é que se você não vier "dar" seu nome, vai ser atendido por ordem de chegada e só vai sair daqui tarde da noite.

Paciente: ... (fazendo a mesma cara que você agora...)

Pois é: atendimento médico na metrópole do futuro é assim!


Uma observação: em 1870 (isso mesmo, século 19!) o telefone foi inventado. Clínicas modernas em cidades menos subdesenvolvidas já usam internet, uma invenção do final do século 20, mas aqui em Mossoró parece que eles ainda não se adaptaram a essas modernidades...

E olha que o exame é à tarde! 

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Como escolher uma Instituição de Ensino Superior?

Você que pretende ingressar no ensino superior em 2014, seguem algumas dicas para escolher melhor a sua futura IES:

- Verifique a quantidade de professores e a relação professor x quantidade de alunos por sala de aula:

Uma aula para 40 alunos é bem diferente de uma para 90, concordam?

Mesmo no EAD, há instituições com "turmas" virtuais de 2000 alunos para cada tutor. Pergunto: é humanamente possível um só "professor" dar conta disso tudo?

- Veja QUEM são os professores, sua vida acadêmica, publicações e experiência profissional na área. Isso pode ser consultado na página do currículo Lattes no CNPQ (http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/busca.do?metodo=apresentar)

- Ter cursos com "autorização do MEC" é tão fundamental quanto uma empresa aérea dizer que seus aviões tem asas. Procure conhecer as produções científicas da IES, prêmios recebidos por alunos e professores, tempo de funcionamento.

- Livros: não se faz curso superior sem livros e sem acesso a bases de dados científicas. Fico aterrorizado com algumas IES que aboliram livros e usam apostilas, como se ensino superior fosse curso técnico. Verifique a qualidade da biblioteca de sua futura IES.

- Egressos: converse com ex alunos de sua futura IES para saber se ela contribuiu com sua vida profissional e pessoal, mas CUIDADO: não leve em conta a opinião daqueles que brincaram de fazer "facul" e são fracassados por incompetência própria, afinal o sucesso da vida acadêmica depende muito também do esforço e disciplina do aluno.

- Pesquisa: ensino superior não é feito somente de sala de aula. Procure saber se a IES investe em pesquisa. Afinal é função da academia criar novos produtos e novas soluções para o desenvolvimento da sociedade.

- Extensão: o outro pilar do ensino superior são as atividades de extensão. Essas atividades são fundamentais para a prática daquilo que se vê em sala de aula e aprender fazendo é bem diferente de apenas ler uma apostila para uma prova de "V ou F".

*Crédito da Foto: Thomas Barwick

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Algumas curtas sobre esse circo chamado Brasil

O Governo Federal que instituir cotas para negros em concursos públicos.

Desde quando cor reflete competência?

Desde quando negros são menos capazes que pessoas de outras raças?

No dia em que houver cota para honestos na política do país aí sim teremos melhorias nessa bodega.

Até lá a esculhambação vai continuar tomando conta de tudo nesse circo chamado Brasil...


Detalhe: o governo da ditadora está cadastrando a cor de todos os servidores federais. Quando chegar minha vez vou colocar NEGRO. Agora prove que não sou!
________________________________________________________________________________ 


A presidente está preocupada com a saúde de Genoíno, coitado...

Agora pergunto: qual a diferença entre esse marginal e os demais bandidos do presos no resto do país sem direito a médicos e morrendo em celas superlotadas?

A balança da justiça no Brasil está cada vez mais descalibrada...

________________________________________________________________________________

Em 2010 o então Presidente Lula, aquele que não sabia de nada sobre o mensalão, rejeitou o pedido de extradição do Cesare Battisti, condenado à PRISÃO PERPÉTUA por TERRORISMO e HOMICÍDIO na Itália.

Agora o bacana Pizzolato, mensaleiro do PT, condenado à longos 19 MESES à prisão fugiu para a Itália e o competentíssimo governo brasileiro, aliado do Irã, Venezuela e outros do mesmo naipe quer pedir a extradição dele ao governo italiano.

Pergunto: com que moral?
________________________________________________________________________________ 

A dançarina, ex-deputada, atualmente vereadora pelo PT e líder governista em São José dos Campos-SP, Ângela Guadagnin, usou nesta quarta (20/11/13) a tribuna para criticar, com muita propriedade e argumentos inconstestáveis (só que não) a prisão de seus colegas petistas, que segundo a edil, foram "vítimas das elites e da mídia nacional."

Muito bem nobre vereadora. Defenda os seus!
 ________________________________________________________________________________

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Será que está faltando SÓ médicos?



Eis a proposta se eu tivesse algum poder para resolver isso:


Para curtíssimo prazo:


1 - Parar de colocar a culpa do caos da saúde nos médicos e assumir a responsabilidade;


2 - Aparelhar e dar condições às unidades de saúde dos interiores com medicamentos, leitos de UTI, equipamentos para exames e ferramentas de trabalho para os profissionais de saúde, pois não adianta enviar qualquer médico para o interior se no caso do paciente ter qualquer coisa mais grave do que uma febre ele tenha que ser movido para a capital, superlotando os hospitais desta. Uma das maiores humilhações para as pessoas pobres do interior é precisar se deslocar para a capital para tratamento de saúde. Isso acaba muitas vezes agravando o estado do paciente;


3 - Todos os hospitais passarem a ter um diretor médico e um administrativo, ambos CONCURSADOS E NÃO INDICADOS. O primeiro trataria exclusivamente das demandas clínicas e o segundo, de toda a gestão;

4 - Criar planos de carreira para médicos, substituindo o esquema de plantões, limitando a carga horária de trabalho deles para o máximo de 60 horas semanais, como é para professores sem D.E. ou 40 horas para D.E..  Eles teriam boas remunerações e salários fixos, sem necessitar de viver dando plantões em várias cidades diferentes;


5 - Aceitar qualquer médico com formação no exterior, desde que ele passe por um processo de avaliação rigoroso e que esse processo seja aplicado também aos médicos formados no Brasil, assim como a OAB faz com os bacharéis em direito para que eles passem a ser advogados;


6 - Além de médicos, os hospitais e postos de saúde do interior precisam de enfermeiros, fisioterapeutas e assistentes sociais. Concurso para todos.


Para longo prazo:


7 - Mais vagas e mais rigor na formação de médicos em universidades em todo o Brasil;


8 - Habilitar os novos médicos para uma profissão não apenas técnica (hoje muitos médicos atuam apenas olhando para exames), mas com uma formação HUMANA e ÉTICA, preparando eles para lidar não apenas com doenças, mas com PESSOAS DOENTES;

9 - Investir na pesquisa médica, que hoje é praticamente inexistente no país;


10 - Avaliar com alto rigor todos os cursos de medicina do país, fechando aqueles que não se adequarem às exigências.


O governo precisa parar de disfarçar sua incompetência administrativa jogando a população contra apenas uma classe de profissionais, quando a pior de todas as classes, OS POLÍTICOS não sofre qualquer intervenção e nem punição, mesmo quando comprovada a culpa...




segunda-feira, 19 de agosto de 2013

A maldição da camisa vermelha

Se eu fosse supersticioso, poderia colocar a culpa dessa fase desgraçada do SPFC na horrível camisa vermelha que lançaram esse ano, pois vermelho é cor de time lixo e o SPFC virou lixo esse ano, como o mequinha de Natal, recordista brasileiro na lanterna das séries A e B e o potiguinha de Mossoró, pela segunda vez, oficialmente o pior time do campeonato brasileiro...